Calibração e ensaios de medidores de energia em laboratório: porque, quando e como é feito?

Calibração e ensaios de medidores de energia em laboratório: porque, quando e como é feito?

21 de setembro de 2021 0 Por Augusto Magalhães

No Brasil as concessionárias de energia são responsáveis pelas calibrações e ensaios de seus medidores de energia. Cada uma destas distribuidoras de energia lida com volume de medidores proporcional a quantidade de unidades consumidoras. A calibração destes medidores pode ser realizada em campo, direto na instalação do consumidor, ou em laboratório, dependendo da situação. Esses medidores chegam aos laboratórios das concessionárias pelos seguintes motivos e situações:

  • Solicitação do Usuário;
  • Retirada do medidor pela equipe de fiscalização;
  • Movimentação do ativo dentro do parque instalado;
  • Inspeção de lote.

Entenda a seguir as motivações para que cada uma das situações aconteça.

 

Solicitação do Usuário

Respaldado pela resolução 414/2010 da ANEEL, o consumidor tem o direito de solicitar o ensaio do medidor caso haja algum questionamento referente a medição descrita na conta.

A distribuidora pode atender a requisição, seja em campo ou em laboratório, seguindo os critérios técnicos definidos no Regulamento técnico vigente. Atualmente o regulamento vigente é a portaria 587/2012 do INMETRO).

Quando realizado em campo, o teste pode ser feito usando a carga do cliente ou carga artificial. Caso o consumidor não concorde com o resultado apresentado, ele pode solicitar que o ensaio seja executado em laboratório. No entanto, o consumidor deve arcar com os possíveis custos.

 

Retirada pela equipe de fiscalização

Buscando a redução das perdas, sejam elas técnicas – causadas pelo envelhecimento ou obsolescência de equipamentos – ou não técnicas – furto de energia –, as distribuidoras mantêm equipes de campo com a tarefa de detecção de irregularidades. As equipes realizam a inspeção da medição nas unidades consumidoras e, caso haja indícios de irregularidade, encaminham o medidor para testes em laboratório, com fins de comprovar a irregularidade e dar sequência no processo.

Entre as irregularidades mais comuns estão:

  • Precisão fora dos limites definidos por norma.
  • O mostrador não registra corretamente o valor do consumo de energia.
  • Alguma conexão elétrica está não-conforme.
  • A medição está errada. Medindo a mais ou a menos, seja a favor da concessionária ou do consumidor.

 

Por simples movimentação

Existem situações nas quais o consumidor necessita da troca de sua medição, no entanto o ativo (medidor) ainda se encontra em bom estado e por isso necessita, novamente, de ensaios laboratoriais para ser utilizado em outro consumidor. Alguns motivos para a movimentação, são:

  • Necessidade de aumento de carga, mudando da classe de medidor monofásico para bifásico.
  • Instalação de geração própria, assim é instalado um medidor bidirecional (4 quadrantes) e retirado um medidor de apenas consumo (também conhecido como 2 quadrantes).
  • Mudança tarifária, como nas situações abaixo:
    • Opção pela tarifação branca para o consumidor de baixa tensão. Deste modo, é retirado o medidor comum para um medidor com “postos horários”. Ou seja, um medidor que separa a quantidade de energia em determinados horários pré-programados e acordados.
    • Migração para o Mercado Livre de Energia. Os grandes consumidores podem optar pelo ambiente de contratação livre (ACL). Ao realizar a compra de energia no “mercado livre de energia”, é necessário “adequar o sistema de medição”, utilizando-se de medidores distintos do mercado cativo de energia (ACR – ambiente de contratação regulado).
    • Tarifação irrigante. É quando um produtor rural também pode ter tarifas incentivadas para o plantio, assim, necessitando de medidores horo sazonais com postos horários para essa medição.

 

Inspeção de lotes

Ao adquirir novos medidores, uma atividade comum de inspeção da qualidade é selecionar, de forma amostral, algumas peças para verificar a conformidade e assim liberar aquele lote para o uso.

 

MLAB Metrum

A Metrum possui uma estrutura completa para a realização de ensaios laboratoriais a calibrações em campo de medidores de energia elétrica. O laboratório de ensaios Metrum MLAB possui uma excelente estrutura, composta por equipamentos modernos com rastreabilidade RBC e equipe técnica qualificada, permitindo oferecer aos clientes, serviços de ensaios e calibrações com notável qualidade.