fbpx

A interface para comunicação ótica por encaixe magnético modelo COD-1A, se comunica de forma bi-direcional utilizando diodos emissores e receptores de infra-vermelho. Conectado a uma porta serial (DB-9) de um equipamento adequado, permite uma comunicação isolada galvanicamente com medidores de tarifação que possuem uma porta ótica padrão ANSI tipo 2.

A interface COD-1A pode ser conectada a computadores desktops, lap-tops, notebooks, modens e diversos outros equipamentos como controladores de demanda e de fator de potência, de automação, enfim, qualquer equipamento que se comunique nos padrões aqui mencionados e que possuem os sinais RTS e DTR ativos.

A interface COD-1A introduz uma novidade neste tipo de interfaces, a fixação por parafuso. Útil onde a fixação se estenda por um longo período ou até permanente, casos como controle de demanda, por exemplo.

 

Aplicações

Medição de faturamento;
Manutenção;
Automação de subestações;
Monitoramento de qualidade da energia;
Medição de operações comerciais e industriais;
Controle de demanda e de fator de potência;
SCADA (controle supervisório e aquisição de dados);
Controle e monitoramento de geração distribuída.

 

Características principais

Nível dos sinais: compatível com EIA232D;
Máxima taxa: 19.200 bits/segundo;
Alimentação: autoalimentado;
Cabo: 2 metros – extra-flexível;
Connector: 9 pinos fêmea tipo D padrão IBM-PC (DB-9);
Fixação: magnética e parafuso;
Sensor ótico: conforme ANSI C12.18-1996;
Corpo: construído de poliacetal (POM) de alta resistência.